Ledger Nano X - The secure hardware wallet
SHARE
TWEET

Gt.

a guest Mar 26th, 2020 338 Never
Not a member of Pastebin yet? Sign Up, it unlocks many cool features!
  1. GT tudo por um sonho
  2. o gt ficou meio longo, então acomode-se e ponha uma música
  3.  
  4. >você acredita no destino?
  5. >você acha mesmo que seu futuro já foi traçado?
  6. >você acredita mesmo?
  7. >bom, eu acho que a vida é feita de escolhas
  8. >e elas determinam nosso futuro
  9. >escolhas diferentes, caminhos diferentes
  10. >e acho que escolhi o melhor caminho possível
  11. >tudo começa em mais um dia fatídico dia
  12. >estamos no século 2012
  13. >tinha 17 anos
  14. >não era lá aquele cara que chama atenção das garotas
  15. >mas não era feio
  16. >tinha uns amigos a qual eu confiava bastante
  17. >esqueci de comentar que estava em dezembro
  18. >eram as férias de verão
  19. >enfim, eu estava sem nada para fazer
  20. >passando pela minha timeline do caralivro
  21. >época de ascenção disso
  22. >e o começo do fim do grande Orkut
  23. >voltando
  24. >eu vi alguem publicar sobre um site onde você encontra pessoas novas
  25. >e dava pra usar a webcam
  26. >ele te colocava pra falar com pessoas aleatórias
  27. >omegle.exe
  28. >adentro nesse novo mundo
  29. >eu era fluente em inglês, pois tinha feito um curso e aprendi bastante jogando jogos, ouvindo músicas e vendo uns seriados americanos
  30. >então, eu adentro no site e clico no texto
  31. >eu não queria ir na webcam ainda
  32. >"you're conected witha a stranger"
  33. >"hi"- diz o estranho
  34. >eu respondo e começamos a conversar
  35. >ela diz que seu nome era Clairo e mora na Inglaterra
  36. >eu já fico meio sad, mas acontece
  37. >e eu digo que me chamo Emanoell e que moro no Brasil
  38. >ela fica surpresa
  39. >conversamos por uns 10 ou 15 minutos
  40. >ela me disse que sou legal
  41. >e eu digo que ela é legal também
  42. >ela diz que estava bem curiosa com meu rosto
  43. >como eu seria
  44. >então ela me manda um nick: "Pretty_Girl85"
  45. >e depois se desconecta
  46. >eu fico meio wtf???????
  47. >ela é uma garota bem misteriosa
  48. >era algum enigma
  49. >eu tinha descobrir esse grande caso
  50. >então depois de horas pensando(1 minuto), eu vou no skype e adiciono esse nick
  51. >aceita
  52. >ligo a webcam e faço uma chamada de vídeo
  53. >quando ela atende, eu não acredito no que meus olhos veem
  54. >ela era linda
  55. >quase uma deusa grega
  56. >cabelos castanhos, pele clara, olhos claros
  57. >mesmo a câmera sendo horrível naquela época
  58. >deu pra perceber o quão ela era linda
  59. >minha cabeça não parava de pensar nisso
  60. >ela era 8/10
  61. >mas, pra mim, era 10/10
  62. >então, começamos a conversar
  63. >começamos a conversar às 21:36
  64. >quando vi o horário, já eram 00:34
  65. >eu a pergunto o horário por aí
  66. >ela responde que são 4:35 da manhã
  67. >eu digo que já estava tarde pra ela
  68. >ela me responde com: "não está tarde pra você também, mocinho?"
  69. >eu digo que ainda é meia-noite
  70. >eu mando ela ir dormir e que eu a ligaria mais tarde
  71. >"okay, honey"
  72. >eu tenho uma mini parada cardíaca
  73. >nos despedimos e desligo o chat
  74. >na real, eu não queria parar a ligação
  75. >mas, sabe, eu sabia que eu ia me apaixonar por ela
  76. >e sabia que ia ficar na pior
  77. >porque, como eu disse, eu não sou feio, mas nenhuma garota dá bola
  78. >eu sabia que me apaixonar por uma garota que acabei de conhecer
  79. >que mora num outro continente
  80. >que é tão linda que parece um ser angelical
  81. >seria a pior ideia da minha vida
  82. >então eu passo mais duas horas deitado na minha cama
  83. >ficava ouvindo música no meu mp3
  84. >dias_atras.mp3
  85. >eu fico ouvindo as músicas e lembrando dela
  86. >até que minha visão fica turva e caio no sono
  87. >naquele dia, eu não queria ter dormido
  88. >por quê?
  89. >porque eu tive um sonho
  90. >um sonho que me fez acordar com lágrimas em meu rosto
  91. >eu ainda me lembro claramente
  92. >eu me recuso a esquecê-lo
  93. >no sonho, eu estava deitado em um lugar escuro
  94. >não havia nada além do breu
  95. >era como se eu estivesse flutuando
  96. >até que ouço uma doce voz que me era familiar
  97. >ela falava: "Come on, follow me. Only then will you get what you want most. FOLLOW ME, FOLLOW ME, FOLLOW ME... please"
  98. >traduzindo: "vamos, siga-me. Apenas assim você vai conseguir o que tanto deseja. SIGA-ME, SIGA-ME, SIGA-ME... por favor"
  99. >traduzido do mandarim
  100. >eu abro meu olhos e fico de pé às pressas
  101. >eu flutuava no escuro
  102. >meu roso parecia confuso e desesperado
  103. >essa voz se repetia dizendo: "follow me"
  104. >e eu a seguia
  105. >eu corria para poder alcançá-la
  106. >eu estava determinado para ir até lá
  107. >enquanto eu corria, lágrimas escorriam
  108. >corro até uma porta branca
  109. >eu a abro
  110. >era um quarto bem familiar
  111. >eu fico observando o quarto até que ouço: "look at me"("olhe pra mim" em japonês)
  112. >eu olho pra cama e ela estva lá
  113. >estava da mesma forma que nos conhecemos
  114. >com o mesmo sorriso
  115. >eu fico perplexo
  116. >e ela diz: "I was waiting for you. You have reached your greatest desire"("Eu estava esperando por você. Você chegou ao seu maior desejo" do grego)
  117. >eu fico de joelhos e começo a chorar de emoção
  118. >ela se levanta e vem me abraçar
  119. >depois disso, eu me acordo
  120. >e percebo que estou chorando e que estou arrepiado até a espinha
  121. >meu primeiro pensamento é nela
  122. >acho que o que eu queria evitar não funcionou
  123. >acho que me apaixonei por uma garota em algumas horas
  124. >eu já tava meio triste porque sabia que não ia dar certo
  125. >olho no relógio e vejo que são 9:00
  126. >puta_vida.churrasqueira
  127. >eu tomo banho, me arrumo e vou voando pro escritório do meu pai
  128. >ah, meu pai é designer gráfico e empresário
  129. >ele criou uma empresa de telecomunicação e programação
  130. >eu trabalho com ele
  131. >eu sempre quis ser programador
  132. >ele já tinha montado essa empresa há uns 4 anos
  133. >e cresceu bastante
  134. >eu comecei a fazer um cursinho de programação quando ele montou a empresa
  135. >e também aprendi demais com o pessoal de lá
  136. >com 15 anos, eu já sabia fazer um site por HTML completo e com qualidade
  137. >também sabia programar aplicativos
  138. >e sabia a lógica de programação de jogos
  139. >eu sempre gostei de jogar e sempre quis comprar meu próprio jogo
  140. >enfim, eu trabalho com ele desde os meus 12 anos
  141. >e sim, ele me pagava
  142. >mas eu não gastava nada
  143. >eu guardava tudo na minha conta de banco que ele fez pra mim
  144. >aos 12 anos, eu era uma espécie de estagiário
  145. >mas aos 15, ele me aceitou como funcionário mesmo
  146. >bom, eu passo o dia trabalhando por lá
  147. >nas férias, eu recebo aumento, pois ue passava o dia lá
  148. >mas quando tinha aula,não, porque eu passava só da tarde para noite
  149. >o que eu contei pode parecer bobo, mas teve um grande impacto
  150. >lembre-se dessas informações de trabalho
  151. >então eu chego do trabalho
  152. >cansado pacas
  153. >janto; tomo banho e vou pro meu quarto
  154. >ligo meu pc
  155. >era umas 19:54
  156. >decido que vou ligar pra ela
  157. >vejo que ela está online
  158. >também vejo que ela me ligou duas vezes
  159. >eu ligo
  160. >ela atende
  161. >ela parecia estar meio brava
  162. >eu pergunto a ela como foi o dia
  163. >ela disse que foi bom, mas ficou com raiva porque eu não atendi as ligações
  164. >eu digo o que estava fazendo e minha rotina
  165. >que, no caso, era o trabalho
  166. >ela fica meio surpresa por eu trabalhar
  167. >ela pergunta minha idade, pois ainda não tinha mencionado
  168. >eu digo que tenho 17
  169. >ela diz que tem 16
  170. >continuamos conversando
  171. >até que eu digo que vou dormir
  172. >nos despedimos e desligo o chat
  173. >vou dormir
  174. >acordo
  175. >era sábado
  176. >não tinha trabalho
  177. >mesmo assim, meu primeiro pensamento ainda foi aquela garota
  178. >eu já não aguentava mais guardar aquilo
  179. >então decido contar tudo a Carlos
  180. >o amigo a qual mais confio
  181. >salve a algum Carlos que esteja lendo isso
  182. >eu chamo ele no antigo caralivro
  183. >digo que quero me encontrar com ele na pracinha em meia hora
  184. >ele fecha
  185. >na pracinha, eu conto tudo pra ele
  186. >ele dá uma risada e diz: "já tô avisando que isso vai dar merda"
  187. >"obrigado pela motivação"
  188. >"kkk. Mas cê vai fazer o quê, cara?"
  189. >"não sei, cara. Acho que só vou ficar sentindo isso por ela até acabar"
  190. >"isso não vai dar certo"
  191. >"talvez..."
  192. >"ah, cê já percebeu que estamos em dezembro?"
  193. >"sim, o que tem?"
  194. >"significa que a escola acabou"
  195. >"verdade... Terminamos o terceiro ano"
  196. >"já decidiu pra qual facudade vai?"- ele me pergunta
  197. >"não sei. Acho que se eu passar no nenem(Enem), eu vou pra alguma universidade"
  198. >"acho que você passa, cara. Você é o melhor da sala"
  199. >"tomara mesmo"
  200. >"ah, é mesmo, semana que vem você vai fazer 18 anos"
  201. >"sim, sim"
  202. >"como você vai comemorar?"
  203. >"acho que vou chamar o pessoal lá em casa pra jogar, comer, e tals"
  204. >"aí sim"
  205. >a gente fica conversando por mais um tempo
  206. >quando ele falou sobre a faculdade, eu tive uma ideia
  207. >eu bolei um plano
  208. >mas não sabia se ia funcionar
  209. >bom, minha rotina tinha virado trabalho, falar com meus amigos e com a Clairo
  210. >era bem legal até
  211. >eu faço isso durante uma semana
  212. >até que chega dia 14
  213. >dia do meu aniversário
  214. >eu disse pro meu pai que não ia naquele dia
  215. >ele entende o motivo
  216. >eu acordo com os parabéns dos meus pais e do meu irmão
  217. >eu ligo pro Carlos e digo que vai ter um rolê
  218. >chamo ele e uma galera
  219. >no rolê, estávamos eu, Carlos, negão, Joana e Luan
  220. >a gente vai no shopping
  221. >a gente fica zoando por lá
  222. >foi muito dazora
  223. >ainda lembro do segurança que correu atrás de mim porque eu desafiado a falar que a mãe dele era uma vagabunda
  224. >bom, eu fui expulso do shopping
  225. >a gente se bolava de rir
  226. >a gente tava zoando na rua
  227. >até que 16:30
  228. >tenho uma ideia
  229. >falo pro pessoal
  230. >eles aceitam
  231. >eu morava em uma cidade onde tinham umas cerras
  232. >e eu chamei o pessoal pra escalar uma e passar a noite lá
  233. >a gente pega o ônibus
  234. >e, no caminho, ligo pro meu pai e peço pra ele levar as coisas pra nós dormirmos
  235. >chegamos e eles foram na frente
  236. >eu fiquei esperando meu pai
  237. >negão fica esperando comigo
  238. >a gente conhece bastante a área, então não tinha perigo de nos perdermos
  239. >meu pai aparece em uns 5 minutos
  240. >pegamos as coisas e subimos
  241. >chegamos à tempo de ver um magnífico pôr-do-sol
  242. >nós tiramos muitas fotos
  243. >mas nenhuma supera nossa foto juntos com um pôr-do-sol que coloria as nuvens
  244. >foi um dia memorável
  245. >chega a noite
  246. >noite fria
  247. >ainda mais por estarmos no cume de uma cerra
  248. >alguns pegam edredons e outros um agasalho
  249. >a gente pega uns lençóis e travesseiros e colocamos no chão
  250. >ficamos deitados olhando as estrelas
  251. >estava um céu maravilhoso também
  252. >muito estrelado
  253. >estávamos conversando
  254. >e Carlos toca no assunto que eu queria há muito tempo, só não tinha coragem
  255. >ele diz: "e aí, Emanoell, como vai a Clairo?"
  256. >e todos olham pra nós dois com a cara confusa
  257. >Joana pergunta: "quem é Clairo?"
  258. >Carlos grita: "é a namorada virtual do Emanoell"
  259. >a galera dá uma risada
  260. >"é sério?"- negão perguntou
  261. >nem dava pra vê-lo no escuro, mas deu pra ouvir a voz
  262. >eu dou um suspiro e falo tudo
  263. >todos ficam meio perplexo
  264. >"mas o que cê vai fazer a respeito?"- Luan pergunta
  265. >"eu tô com um plano na minha cabeça"
  266. >Luan: "e qual seria?"
  267. >eu: "seguinte, meu avô era português, então meus fizeram passaportes europeus para nós, caso nós quiséssemos viajar pra europa. Esse passaporte permite com nó sejamos imigrante legais, deixando com nós moremos lá sem problemas. Bem, meu plano é me mudar pra Inglaterra e ir atrás do meu sonho"
  268. >eles ficam me encarando
  269. >luan diz: "cara, cê não acha isso meio radical?"
  270. >joana: "é, cara, pensa bem"
  271. >negão apenas concorda com os dois
  272. >até que Carlos fala: "não, pessoal, ele não está sendo radical. Ele já decidiu; ele me disse o quanto a ama. Vão me dizer que vocês não fariam de tudo por seus sonhos"
  273. >luan: "cê tem razão"
  274. >joana: "faz sentido"
  275. >negão: "tamo junto, cara. Se precisar de algo, nos avise. Ah, e mantenha contato conosco!"
  276. >eu: "pode deixar, galera... Sabe, agora que tenho 18 anos, vai ficar tudo mais fácil"
  277. >eles acenam a cabeça dizendo que sim
  278. >carlos: "mas e aí? O dinheiro? E se ela te der um toco? Cê tá preparado pra tudo?"
  279. >eu: "eu vou comprar a passagem, mas não vou comprar só de ida. Eu vou comprar ida e volta. Se eu ficar lá, eu não compareço no voo de volta"
  280. >carlos: "certo. E o dinheiro?"
  281. >eu: "lembra que eu trabalho com meus pais? Então, ele me pagava e eu nunca gastava o dinheiro. Sempre guardei na minha conta de banco"
  282. >carlos: "tá, mas como você vai trabalhar lá?"
  283. >eu: "eu sou um programador profissional, praticamente, só falta diploma mesmo. Então eu posso ser um criador de jogos"
  284. >luan: "pelo que sei, pra fazer jogo precisa de um gamer designer também"
  285. >eu: "eu sei game designe. E acredite, é muito mais fácil que um programador. A coisa mais complicada vai ser o gráfico, mas eu tenho dotes artísticos. Ou sea, tá tudo encaminhado"
  286. >negão: "como tu sabe tudo isso?"
  287. >eu: "foi muito tempo em casa, meu caro"
  288. >joana: "oloko, esse cara é bom"
  289. >eu: "sim, eu tenho três cursos no meu currículo"
  290. >carlos: "bem, acho que tá tudo encaminhado"
  291. >eu: "sim... Pessoal, valeu por tudo mesmo. Talvez esse seja nossos últimos momentos juntos"
  292. >eles olham pra baixo e concordam com a cabeça
  293. >"não foi uma boa despedida? Hoje, o dia foi perfeito"
  294. >luan: "cê tem razão"
  295. >luan olha pro pessoal
  296. >eles se levantam e vêm me abraçar
  297. >todos choramos ali
  298. >foi uma cena emocionante
  299. >'a grande despedida'
  300. >esse podia ser o título daquele momento
  301. >a lua magnífica rodeada de belas estrelas em um céu tão escuro e vasto
  302. >nós dormimos depois de tanto chororo
  303. >acordamos às 5:30 e vimos o sol nascer
  304. >depois disso, nós vamos embora
  305. >chego em casa umas 8:32
  306. >meus pais estavam tomando café e meu irmão tinha ido pra escola
  307. >eu dou bom dia para os meus pais
  308. >meu pai me chama
  309. >"filho, eu tenho uma coisa pra te dar"
  310. >"o que é?"
  311. >"filho, eu e sua mãe estávamos conversando... E decidimos que vamos te deixar com 50% do lucro da empresa"
  312. >"o quê? Isso deve ser muito dinheiro"
  313. >"bem, mas você foi quem fez a empresa crescer. E um dia você vai ficar com 100% mesmo"
  314. >"mas pai, eu só tenho 18 anos"
  315. >"exatamente. Eu quero que você tenha responsabilidade desde cedo. Aliás, a empresa nem lucra tanto assim"
  316. >"e quanto ela lucra? uns 9 ou 10 mil por mês. Varia bastante"
  317. >"então tá... Você vai pôr direto na minha conta?"
  318. >"sim"
  319. >"sinto-me honrado. Obrigado pai"
  320. >eu o abraço e vou pro meu quarto
  321. >eu ligo o pc
  322. >vejo que tem 6 ligações perdidas da Clairo
  323. >eu ligo e ela atende
  324. >ela aparece com a cara emburrada
  325. >e grita: "POR QUE CARALHOS VOCÊ NÃO ME ATENDEU?"
  326. >eu digo pra ela parar de gritar e se acalmar
  327. >digo o que tinha acontecido
  328. >ela se desculpa e me dar os parabéns
  329. >naquele momento, eu sabia que eu não ia levar um toco dela
  330. >ela agia como se fossémos mais próximos
  331. >eu sentia que ela era a garota dos meus sonhos
  332. >eu sentia que a lenda japonesa do "fio vermelho do destino" tinha nos conectado
  333. >eu sentia que o destino tinha a feito pra mim
  334. >e isso todas as vzes que eu falava com ela
  335. >conversamos durante muito tempo
  336. >já era umas 10:24
  337. >eu a pergunto onde ela mora
  338. >ela responde "na Inglaterra, seu bobinho"
  339. >e_mesmo_nao_me_diga.txt
  340. >eu pergunto de bairro e rua e número de casa
  341. >ela fica assustada e me pergunta o porquê
  342. >eu minto dizendo que queria ver se achava no google maps
  343. >ela diz onde ela morava
  344. >então ela morava em uma área residencial em Manchester
  345. >os custos de vida são menores lá, mas em Manchester é um pouco mais caro
  346. >ainda bem que não é em Londres
  347. >enfim
  348. >eu digo que acho a casa dela e digo que é bem bonita
  349. >que elas são diferentes das casas aqui do Brasil
  350. >conversamos por mais um pouco
  351. >já era 11:18
  352. >digo a ela que vou almoçar e que mais tarde ia ligar
  353. >desligo o chat e vou atrás das passagens
  354. >eu queria ir o mais rápido possível
  355. >eu mesmo vi se tinha passagem pro dia 15
  356. >que era o dia que estava na hora
  357. >mas eu penso melhor
  358. >pra minha sorte, estamos em dezembro
  359. >então iam ter bastantes aviões viajando pra lá
  360. >época festiva é uma loucura
  361. >então eu pego uma passagem pro dia 17
  362. >eu fiz todos os calculos
  363. >no fim, eu tenho 23937,5 libras
  364. >claro que isso era em 2012
  365. >quando a libra custava 3,20
  366. >valeu a pena trabalhar por 6 longos anos
  367. >eu começo a planejar o que eu tenho que fazer
  368. >primeiro, eu fui almoçar
  369. >então parti em uma busca de um chip internacional
  370. >só tinha na internet e ia chegar em dia úteis
  371. >decido que não vou fazer isso
  372. >ligo pra oi
  373. >pergunto se tem algum pacote internacional
  374. >ela disse que sim
  375. >60 fodendo dinheiros
  376. >mas dava pra ligar de qualquer lugar do mundo
  377. >não sei como, mas dava
  378. >então eu comprei esse pacote
  379. >tudo bem
  380. >começo a pensar em como eu iria por aeroporto
  381. >ele não é tão longe
  382. >mas eu ia viajar e não podia deixar rastros de que eu fiz isso para os meus pais
  383. >eles ficariam loucos
  384. >dia 16
  385. >falo com um amigo que tem um carro e que podia me levar lá
  386. >digo a minha mãe que ia dormir lá
  387. >arrumei minhas coisas pra "dormir"
  388. >eu coloquei meu pc na mochila
  389. >ah, sim
  390. >com pc eu me referia ao meu notbook
  391. >ponho três cuecas, três calções, três camisas e uma calça
  392. >e saio de casa umas 15:43 do dia 16 de dezembro
  393. >olho pra trás e minha mãe me dava tchau com meu irmão em seu colo
  394. >eu me viro e não pude conter minhas lágrimas
  395. >pois ali seria a despedida sobre essa ciadade, amigos e família
  396. >eu larguei tudo por ela
  397. >isso tem que dar certo
  398. >chegando na casa do meu amigo, a gente joga
  399. >eu ponho meu notbook pra carregar
  400. >a gente joga demais
  401. >até que chega 20:58
  402. >eu digo que ia dormir, pois não podia perder o voo
  403. >ele também diz que vai dormir
  404. >eu acordo às 6:00 com o alarme
  405. >o voo era às 9:30
  406. >eu acordo ele
  407. >nós tomamos banho
  408. >nos arrumamos
  409. >tomamos café e fomos ao aeoporto
  410. >no caminho, parei em um caixa eletrônico e saco todo o dinheiro
  411. >tinha em torno de 70 mil reais
  412. >depois, a gente vai numa casa de moedas
  413. >eu chego lá e peço pra ela trocar tudo aquilo por libra
  414. >a moça do caixa fica MUITO SURPRESA
  415. >ela diz que não tinha, mas podia fazer um cheque com o valor
  416. >eu aceito
  417. >os números deram conforme meus cáluculos
  418. >depois, voltamos ao rumo originial
  419. >chego lá umas 9:13
  420. >eu agradeço ao meu amigo e entro correndo pra fazer o check-in
  421. >faço o check-in
  422. >eu não precisei pôr minhas malas pra guardar
  423. >porque eu tava só com duas mochilas
  424. >espero e a chamada de voo é dita
  425. >eu mostro meu passaporte e minha identidade
  426. >por ter 18 anos, posso viajar sem a autoriazação dos meus pais
  427. >eu entro no aivião e espero ele decolar
  428. >entro com um frio na barriga
  429. >depois de um tempo, eles autorizam a decolagem
  430. >ele começa a se mover
  431. >e eu começo a me comover
  432. >ele começa a voar
  433. >e eu começo a sonhar
  434. >eu checo meus bolsos
  435. >eu o encontro
  436. >meu mp3 e meus fones
  437. >eles serão minha companhia até meu destino
  438. >eu ponho as músicas para tocar e fecho meus olhos
  439. >durmo e acordo com a aeromoça me cutucando
  440. >ela estava entragando a comida
  441. >significa que já era meio dia, mais ou menos
  442. >só se passaram 3 horas
  443. >ainda falta 8
  444. >eu como aquilo
  445. >fico olhando o céu por longos instantes
  446. >eles estava tão lindo
  447. >eu durmo de novo
  448. >acordo com uma criança chorando
  449. >coço os olhos e vejo que anoiteceu
  450. >pergunto para a pessoa do meu lado que horas eram
  451. >elas diz que são 20:17
  452. >íamos chegar em instantes em Manchester
  453. >lembrando que já era 1 da manhã em Manchester
  454. >eu sabia que ia sofrer bastante com o fuso horário
  455. >estávamos sobrevoando a Inglaterra
  456. >em minutos eu chegaria em Manchester
  457. >depois de um tempo, eu chego lá
  458. >o avião pousa
  459. >era 1:38 da manhã em Manchester
  460. >eu não tinha pra onde ir
  461. >eu não tava com fome
  462. >tinha comido no avião
  463. >mas não sabia como me localizar
  464. >não tinha ninguém nas ruas
  465. >eu sabia que Moss Side ficava há 11km dali
  466. >Moss Side é uma área residencial de Manchester
  467. >e é onde Clairo mora
  468. >sem escolha, eu ando um pouco
  469. >eis que avisto um banquinho
  470. >vou dormir aí mesmo
  471. >eu acordo com uma criacinha gritando
  472. >eu acordo com a visão meio turva
  473. >percebo que estou num parque
  474. >tinham vários casais lá
  475. >muitas crianças brincando
  476. >eu me levanto
  477. >pego minhas coisas e saio andando
  478. >ando até ver um táxi
  479. >eu o peço para parar
  480. >ele para e pergunta onde eu quero ir
  481. >eu queria muito falar "Moss Side"
  482. >mas eu tinha que tratar de outros assuntos
  483. >então eu digo à ele que queria ir num banco
  484. >ele me pergunta qual e eu respondo no mais próximo
  485. >chego lá
  486. >peço pra ele me esperar que eu ia trocar o dinheiro e pagá-lo
  487. >e, gentilmente, diz que vai esperar
  488. >eu entro no banco
  489. >não tinha uma fila grande
  490. >chego lá
  491. >peço pra moça trocar oo cheque
  492. >ela arregala os olhos
  493. >verifica se era real
  494. >dou um papelzinho de conprovação
  495. >ela aceita e me dá o dinheiro
  496. >o moço ainda estava lá
  497. >eu entro no carro
  498. >digo a ele que tenho que ir em outro lugar
  499. >ele pergunta onde é
  500. >digo que é na prefeitura
  501. >ele confirma e me leva até lá
  502. >demorou um pouco
  503. >mas chegamos
  504. >eu pergunto quanto tinha dado
  505. >ele diz que deu 100 libras pelo tempo de espera e tals
  506. >eu dou o dinheiro e peço pra ele me esperar que tinha mais um lugar
  507. >ele acena
  508. >eu entro na prefeitura
  509. >falo a ele que queria me tornar um cidadão inglês
  510. >eles me perguntam se eu tinha algum comprovante
  511. >mostro meu passaporte europeu[
  512. >eles analisam
  513. >e sem burocrcia alguma, eles disseram que eu podia viver aqui sem problemas
  514. >eu fico surpreso, pois achei que ia ter algum processo
  515. >saio e o moço ainda estava me esperando
  516. >eu agradeço e digo o endereço de onde eu queria ir
  517. >Moss Side, rua Claremont, número 280
  518. >ele me leva
  519. >e era bem longe
  520. >no caminho, peço pra ele parar numa floricultura
  521. >compro todas as rosas e flores que tinha lá
  522. >era o buquê mais colorido e cheio de vida que eu já tinha visto
  523. >chegando lá, eu o pago
  524. >deu num total de 210 libras
  525. >estava um dia claro
  526. >eu estava em frente a sua porta
  527. >minhas pernas tremiam
  528. >minhas mãos suavam frio
  529. >eu estava nervoso
  530. >respiro fundo
  531. >olho pro céu
  532. >vejo a janela
  533. >era a janela de seu quarto
  534. >eu pude vê-la por uns segundo
  535. >e isso me encheu de motivação e determinação
  536. >ando, ainda trêmulo
  537. >bato na porta e espero pelo melhor
  538. >a porta ia se abrindo e meu coração disparando
  539. >vejo uma mulher bonita
  540. >ela se parecia com Clairo
  541. >porém mais velha
  542. >deduzo que era sua mãe
  543. >eu pergunto se a Clairo estava
  544. >ela diz que sim e pergunta quem sou
  545. >eu respondo que sou um amigo do colégio
  546. >ela desconfia, pois eu estava com um buquê na mão
  547. >mas ela dá um sorriso e diz que ia chamá-la
  548. >nesse momento, eu já não tinha mais outros pensamentos
  549. >eu só pensava na reação dela
  550. >quano a vi descendo as escadas
  551. >meu coração fica na mesma velocidade do relâmpago marquinhos
  552. >ela chega na porta e fica parada
  553. >ela parecia muito surpresa
  554. >eu pude ver seus belos olhos se dilatando
  555. >significa que ela também estava gostando de mim
  556. >do nada, ela pula em cima de mim
  557. >e começa a me abraçar forte
  558. >minhas lágrimas escorrem
  559. >ela olha pra mim
  560. >e vejo que ela também chorava
  561. >nos abraçamos mais
  562. >aquele momento parecia em câmera lenta
  563. >ela pergunta o que eu estava fazendo ali
  564. >e eu só respondo que um certo alguém me disse para eu ir atrás dos meus sonhos
  565. >e que tinha conseguido concluir o mais importante deles
  566. >ela começa a chorar mais ainda
  567. >ela estava mais emocionada que eu
  568. >eu a entrego o buquê de flores
  569. >e depohfvajhs
  570. >*poxa, Gus
  571. >quantas vezes eu te disse pra não atrapalhar o papai enquanto ele escreve?
  572. >agora, deixe-me continuar
  573. >procure sua mãe*
  574. >bom, acho que não preciso contar mais do que isso
  575. >apenas que o homem tem o poder em suas mãos
  576. >podemos conseguir tudo o que queremos
  577. >basta ter determinação e força de vontade
  578. >espero que você que esteja lendo isso tome uma decisão de nunca desistir de seus sonhos
  579. >e espero que suas escolhas te formem um bom destino
RAW Paste Data
We use cookies for various purposes including analytics. By continuing to use Pastebin, you agree to our use of cookies as described in the Cookies Policy. OK, I Understand
Top