SHARE
TWEET

Untitled

a guest Dec 14th, 2019 83 Never
Not a member of Pastebin yet? Sign Up, it unlocks many cool features!
  1. Eu odeio seus gritos. Eles me apavoram e me deixam com medo. Tenho medo do meu pai por motivo parecido. Não consigo confiar mais em alguém que foi tão ruim pra mim. Eu penso nos seus gritos como uma forma de agressão, como se você quisesse me bater ou me humilhar, o que já chegou à acontecer e você sabe, então minha reação não é exagero.
  2.  
  3. Não gosto de não ser consultado. Se alguma decisão que você irá tomar me afeta, me consulte primeiro, pois eu sempre faço isso quando o contrário está para acontecer. Eu sequer me lembro de ter feito algo na vida que te envolvesse sem te perguntar. Você faz isso constantemente e isso está muito relacionado ao seu entendimento da relação mãe & filho. Eu não pertenço à você, e você não é minha dona. Não lhe devo minha vida e você não é meu maior tesouro. Meu maior tesouro sou eu mesmo e acredito que família está muito além da linhagem. Por muito tempo meus amigos da escola foram mais capazes de me compreender mais que vocês todos, minha “real família”. E isso não faz deles meus melhores amigos, isso faz deles minha família de verdade naqueles momentos.
  4. Eu não sei se tenho a mesma relação com a minha sala hoje em dia, mas sinto que se realmente não tenho não é porque não posso e sim porque não quero. Eles estariam tão dispostos à me ajudarem hoje em dia como estiveram naquela época, e eu nunca vou esquecê-los. Eles foram minha primeira família de verdade e estarão no meu coração eternamente.
  5.  
  6.  Agora, uma das coisas que mais está me irritando ultimamente é a administração do seu dinheiro. Você fez um implante caríssimo, está se envolvendo num projeto de aplique de cabelo e quer se bronzear. Tudo isso custa caro, mas não é minha intenção de forma alguma te brecar, você sabe que eu sempre trabalhei com a liberdade em primeiro lugar dentro da nossa relação, mas sinceramente, todos esses procedimentos caríssimos somariam quantas consultas ao psicólogo? (consultas das quais você ME PROMETEU fazer). Isso é um lembrete para você conversar mais comigo e por favor, lembre de manter suas promessas, pois me deixa profundamente inseguro confiar em alguém sem palavra.
  7.  
  8. Sua sede por trabalho me apavora. Como assim sua maior conquista diariamente é seu trabalho? Como você acha que isso poderia não me assustar? Mãe, mesmo que você goste do que você faz como diz que gosta, o seu “gostar” do trabalho é doentio, você mata e morre por seus objetivos de trabalho. Acorda cedo, dorme tarde, “nunca tá doente o suficiente”… e o pior: acha que quem não é como você é um vagabundo. Você já disse isso de diferentes formas ao longo do tempo, seja falando de si própria e de como tem orgulho do seu trabalho e salário, seja falando, por exemplo, das mulheres aqui da rua que fazem fofoca e que “ficam o dia inteiro vadiando”.
  9.  
  10. Você tem se tornado mais tóxica também. Te vejo odiando mais as pessoas e as xingando mais do que antigamente. E isso me parece muito mais que falta de paciência, você está completamente mais agressiva.
  11.  
  12. Isso tudo são claramente traços ligados à sua completa falta de identidade. Você está em negação sobre sua própria depressão há anos. Prefere dizer que se curou e demonizar os efeitos que aquele período teve na sua vida quando na verdade só está deixando isso maior e maior, pois não está cuidando de forma alguma. Você não está fazendo terapiia, nem tomando remédios e nem procurando se divertir mais do que trabalha. Sair de casa e ir para casa da minha vó/tia NÃO é esporte, hobbie, passeio ou experiência realmente positiva.
  13.  
  14. Família pode te ajudar muito sim, já que você preza tanto pelo significado dela, mas não faça deles os seus únicos amigos. Ajude pessoas e seja ajudada, essa é uma das necessidades da vida. Se afaste de pessoas tóxicas e se permita conhecer pessoas novas. Se você não vê significado nisso tudo então o que eu posso te dizer é que nossa depressão é parecida nesse aspecto. Precisamos tratar disso, sair do ninho e voltar com a asa quebrada não é uma maldição e sim uma necessidade. Ninguém evolui sozinho, trancado ou escondido. Precisamos sair mais, tanto na vida real quanto emocionalmente. Explorar lugar e pessoas é fundamental e isso tudo pode estar presente na nossa vida de forma equilibrada. Não precisamos desistir de outras coisa para isso. Eu ainda posso ficar horas no PC e você horas trabalhando, desde que isso não seja a rotina verdadeira de cada dia. Esse ciclo é totalmente tóxico.
  15.  
  16. Por fim, mais uma vez hoje você surtou, e o motivo é algo que está muito claro pra mim: você precisa se expressar mais. Saiba falar menos, pois realmente você mal ouve a mim, quem dirá os outros, mas na real também fale de forma mais sincera. Não trate tudo como um debate ou um ringue de batalha. Você não precisa provar que está certa o tempo todo. Errar ou permitir que os outros façam algo que não concordamos totalmente é NATURAL.
  17.  
  18. Por fim eu queria dizer que acho que tenho depressão e crises de pânico, uma evolução das minhas crises de ansiedade do passado. Eu costumo não esboçar muitos sentimentos porque sinto que estou numa espiral de afastamento. Tento me afastar de tudo que é real e que pode me machucar, porque além de ser extremamente doloroso eu ainda me sinto culpado por imaginar que estou fazendo papel de vítima.
  19.  
  20. Eu preciso da sua ajuda e você precisa da minha. Mas, principalmente, nós precisamos de ajuda médica.
  21. Depressão só se resolve conversando e em conjunto, nunca sozinho.
  22.  
  23. ps: Isso é um convite. Você aceita?
RAW Paste Data
We use cookies for various purposes including analytics. By continuing to use Pastebin, you agree to our use of cookies as described in the Cookies Policy. OK, I Understand
Not a member of Pastebin yet?
Sign Up, it unlocks many cool features!
 
Top