daily pastebin goal
91%
SHARE
TWEET

Untitled

a guest Dec 18th, 2018 79 Never
Not a member of Pastebin yet? Sign Up, it unlocks many cool features!
  1. INFORMAÇÕES!
  2. Faceclaim: Park Yuri - Modelo
  3. Nome: Maeng Soohyun.
  4. Data de Nascimento: 04/05/1998
  5. Local de Nascimento: Seul, Coréia do Sul.
  6. Altura: 1,82cm.
  7. Peso: 68kg
  8. Gênero: M  
  9. LINKS!
  10. Tumblr:  sfhs-soohyun
  11. Twitter: twitter.com/SF98SH
  12. DOCUMENTO!
  13. Ano Letivo: 4º ano.
  14. Status: Veterano.
  15. Bolsista: não.
  16. INTELECTO!
  17. Língua Estrangeira: inglês
  18. Extracurriculares: Arremessador do time de beisebol / Clube de astronomia
  19. PESSOAL!
  20. Personalidade:
  21. — Ansioso: Seu grande inimigo é a ansiedade. O faz comer feito um louco ou beber água mesmo sem estar com sede. Seja por semana de provas, os treinos ou qualquer mínima “surpresa”. Quando não consegue se conter, acaba dando uma corrida em volta da quadra esportiva para se acalmar.
  22.  
  23. —  Brincalhão: Sempre tenta animar as pessoas ao redor, e é conhecido por ser o moodmaker em qualquer lugar que esteja. Não é difícil ver Soohyun  sorrindo por ai, estranho seria vê-lo sem um sorriso no rosto. E pra isso acontecer, só tem dois motivos: ou está com fome ou algo está realmente errado. Há quem diga que possam tirar proveito de seu bom coração, mas ele acredita que não deve mudar quem é por isso.
  24.  
  25. — Dedicado: Mesmo em suas horas livres, vê-lo com um livro na mão ou treinando pelas quadras não é novidade. Ou quando não está estudando, então está assistindo algum jogo de seu time de basquete preferido. É um dos muitos modos para aliviar a ansiedade, além de ser sua grande paixão.
  26.  
  27. — Pavio-curto: Essa parte raramente é vista, Soohyun é aquele tipo que evita brigas ou qualquer discussão. Mas quando tiram ele do sério… Não pensa no que faz e acaba sendo destrutivo e violento, ainda que se arrependa quando o modo berserker passe. Poucas coisas o tiram do sério, mas mexer com seus amigos, sua irmã ou menosprezar esforço no beisebol com certeza estão no topo da lista.
  28.  
  29. — Distraído: Ao mesmo tempo em que sua capacidade de concentração é absurda, Soohyun também é capaz de se distrair com a menor das coisas. Uma simples mosca voando, se sua mente não estiver ocupada com algo, e pronto. Aquilo pode tomar a atenção dele por horas e horas a fio, e isso pode ser traduzido como olhar para o nada.
  30.  
  31. Biografia: O ano de 1998 foi marcado por muitas situações, boas e ruins. Foi o ano em que Titanic foi lançado e aclamado pelo público. O ano em que o Brasil perdeu não só a copa do mundo, bem como dois nomes importantes na música. Ano em que a nave Lunar Prospector descobre a existência de gelo nos pólos da Lua, ano em que também é lançado o Google. Mas nenhum desses acontecimentos fora tão importante para a família Maeng, 1998 foi o ano de nascimento do primogênito da família. Soohyun foi o nome dado ao menininho bochechudo e cheio de energia que nasceu, quase sempre quieto em seu berço, mas era só bater a fome que se tornava um verdadeiro escandaloso. Seus pais tinham algumas peculiaridades, o fanatismo religioso que os dois possuíam privava Soohyun (e alguns anos depois sua irmãzinha) de muitas coisas. A escola era uma delas, ambos achavam que o ensino pregado não estava de acordo com a religião que seguiam, era errado, e por isso ensinaram as crianças em casa. Brincar com os amigos? Quase impossível, o casal não queria que ninguém tirasse os dois filhos do caminho que achavam correto.
  32.  
  33. Haviam aprendido a ler muito tarde, a escrever mais ainda, tudo no tempo que os pais achavam certo. Mas nenhum dos dois pensava sobre o atraso causado às crianças, a falta de um ensino preciso que os levariam a uma formação futura. Não, as escolas estavam erradas. Tal fanatismo aos poucos acabou afastando também o resto da família, principalmente os avós, a quem Soohyun era tão apegado. Vivia isolado, vendo a vida passar pela janela da sala quando lhe era permitido tal coisa. Mas Soohyun não entendia aquela religião, não conseguia entender porque diziam ser algo bom se os afastava daqueles que amava. Aos poucos, virou uma verdadeira tortura participar daqueles cultos, suas tentativas de fuga sempre eram rebatidas com um castigo severo, as marcas das surras ficavam visíveis por dias em sua pele. Foi num momento de distração dos pais que Soohyun ligou para os avós, contando tudo o que havia acontecido nos últimos anos. Soohyun só não contou sobre as vezes em que o pai tentou entrar no quarto da irmã, havia prometido para Soyi que aquele seria um segredo entre ambos.
  34.  
  35. Mas não esperava que tudo aquilo fosse acontecer. Tinha tantas pessoas entrando em sua casa, levando seus pais a força, não queria que fosse daquela forma. Ao mesmo tempo, sentia alívio em finalmente poder ver a luz do sol, sentir os raios em sua pele. Depois de comprovada a insanidade do casal, os irmãos ficaram em definitivo com os avós, estes que acabaram por cuidar dos ferimentos de Soohyun e os traumas causados pelos anos em confinamento. Pelos mais velhos serem ex-professores de Saint Francis, os anos de trabalho renomado tornou mais fácil que os irmãos pudessem estudar no internato, mesmo com todo o atrasado causado pela falha educação dada em casa pelos pais. Estavam muito atrás no ano letivo, Soohyun logo se habituou a ser o mais velho da turma devido a isso, mas estava feliz com a vida que levava agora. Estava livre, tinha amigos e a irmã estava em segurança. Além do mais, se descobriu muito bom no beisebol também, a partir dali, os dias eram só festa e o passado uma mera lembrança.
  36.  
  37. Turno demonstrativo: Um longo bocejo se fez audível no quarto, e no fim acabou parecendo um miado manhoso. Não que Sojin estivesse com sono, ainda levaria um bom tempo até a estudante pensar em dormir, mas ela não aguentava mais estudar. Salvou o trabalho, favoritou algumas  páginas que estava lendo e bloqueou a tela do computador. Ajeitou o short curto que usava, a blusa longa que cobria seu quadril por inteiro, o que fazia parece que não havia nada ali embaixo. Estava com seus óculos de grau, coisa que ela só usava em casa mesmo quando estava lendo ou estudando e, assim que abriu a porta do quarto, cruzou o apartamento para entrar no quarto adjacente, sem bater nem nada, não se importando caso o roommate estivesse fazendo algo indevido. Ele nunca estava mesmo.
  38.  
  39. - Vim te encher o saco, porque não tenho mais nada a fazer.
  40.  
  41. E dizendo aquilo, Sojin se jogou na cama do mais alto, agarrando um travesseiro qualquer para que pudesse abraçar. E, curiosamente, parecia ser o que o rapaz usava, tinha um aroma muito bom vindo do tecido.
  42.  
  43. TRAÇOS EM PONTOS!
  44. Sendo o número 0 referente a EXTROVERTIDO e 10 referente a INTROVERTIDO
  45. qual número você diria que mais representa o seu personagem? 2
  46. Sendo o número 0 referente a INTUITIVO e 10 referente a OBSERVADOR
  47. qual número você diria que mais representa o seu personagem? 7
  48. Sendo o número 0 referente a LÓGICO e 10 referente a EMOCIONAL
  49. qual número você diria que mais representa o seu personagem? 5
  50. Sendo o número 0 referente a JULGADOR e 10 referente a PERCEPTIVO
  51. qual número você diria que mais representa o seu personagem? 5
  52.  
  53. Senha das regras: Acho que a escolha das casas devia ser feita pelo player, e não por sorteio. As vezes acabamos vendo mais afinidade com uma determinada casa, e o personagem pode cair em outra.
  54. Senha da reserva: pudim
RAW Paste Data
We use cookies for various purposes including analytics. By continuing to use Pastebin, you agree to our use of cookies as described in the Cookies Policy. OK, I Understand
 
Top