SHARE
TWEET

Untitled

a guest Apr 18th, 2019 90 Never
Not a member of Pastebin yet? Sign Up, it unlocks many cool features!
  1. Meu nascimento foi no mínimo uma surpresa, minha mãe era uma half-gold dragon e meu pai um silver dragon, mas por algum motivo eu nasci humano.
  2.    Quando eu tinha três anos meus pais me colocaram junto aos outros wyrmlings, mas eu não me encaixava bem com aquilo, não sabia voar e mal conseguia produzir fogo ou ver no escuro.
  3. Meu pai Lochgar Urulokë contratou então um professor particular para que eu aprendesse sobre a história e sobre minhas próprias capacidades como "humano dragão", esse professor foi Li Mu, um dos poucos lung dragons ainda em nossas terras e um velho amigo de meu pai.
  4.    Ele me ensinou tudo que eu sei e em certos aspectos foi muito mais do que um professor, desde a dominação de fogo herdada de minha mãe e a manejar eletricidade herdado de meu pai,  até os mais minúsciosos detalhes sobre a nossa história eu aprendi com ele.
  5. Aos meus 18 anos eu era quase tão poderoso quanto um jovem dragão prateado, então meu pai me deu a oportunidade de representá-lo no conselho de Urulokë, essa reunião tratava sobre a recente insurgência demoníaca e o que os dragões fariam a respeito dela.
  6.    Grande parte dos anciões ali presentes tratavam os demônios como meros animais, eles diziam que não havia perigo algum em deixar aquelas criaturas ali, contanto que elas não profanassem nossas terras.
  7.    Durante a reunião toda eu me mantive calado, porém quando quase todos os dragões estavam entrando em um consenso de que os demônios não eram ameaça alguma; Eu subi na mesa e disse "Vocês vão ignorar esse problema assim como fizeram com os humanos eras atrás? No fim vão perder nossas terras da mesma maneira com que perderam..." antes de terminar de falar um dos membros do conselho lançou uma explosão de fogo e quando ela fez contato com a minha pele Andrakke e Li Mu me salvaram, mas a cicatriz no meu rosto foi resultado desse evento.
  8.    Após isso, por decisão de Andrakke, eu deveria sair de Roveran e voltar apenas quando soubesse respeitar os anciões e as tradições de nossas terras. Mesmo que eu tenha razão no que digo a forma de se dizer é uma das partes mais importantes.
  9.    Eu comemorei meu aniversário de 19 anos sozinho enquanto viajava para Wādī al Mulūk, meu mestre Li Mu e meu Lochgar me mandaram mensagens no dia desejando boa sorte em minha jornada de autodescobrimento e desejando um feliz aniversário, saber que meu pai e mestre têm orgulho de mim nesse dia foi o que me manteve firme durante a viagem e é o que me mantém até hoje.
  10.    O momento da minha entrada na ordem foi no minímo engraçado, eles basicamente disseram "Vai lá garoto, mostra o que você sabe fazer" e quando eu fiz um pouco de fogo eles disseram "Eh isso não vai ser muito útil, demônios resistem ou são imunes a fogo" , então eu fiz um fogo azul utilizando toda a minha energia,  eles olharam pra mim e perguntaram "Você por acaso é um dragão?", eu só respondi com "Isso quer dizer que eu posso ficar, né?".
RAW Paste Data
We use cookies for various purposes including analytics. By continuing to use Pastebin, you agree to our use of cookies as described in the Cookies Policy. OK, I Understand
 
Top